PASSO 1: O Problema É Geral (Servidor) Ou Local (Cliente)?

Primeiro, abra o canal em vários dispositivos. Se o problema ocorrer apenas no cliente, saberemos onde está a origem do problema. Assim que soubermos a origem, podemos corrigi-la.

PASSO 2: Reiniciar Modem/Roteador/Dispositivo

Às vezes, o IPTV trava por causa do superaquecimento do equipamento ou porque as coisas ficaram conectadas por muito tempo. Para tentar corrigir isso, desconecte todos os itens da tomada (incluindo a TV) por cerca de 2 minutos e conecte tudo novamente.

PASSO 3: Testar Conexão Wi-Fi E Por Cabo De Rede

Às vezes, a qualidade dos sinais varia devido ao modem ou outros dispositivos conectados, ou devido às oscilações dos sinais. É sempre bom testar uma conexão na internet a cabo também.

PASSO 4: Testar Em Mais De Um Aplicativo

Após uma atualização, um aplicativo pode ficar corrompido ou até mesmo começar a não funcionar corretamente. Sempre teste o canal em mais de um aplicativo para garantir que o problema seja consistente.

PASSO 5: Testar Em Mais De Um Dispositivo

Se o problema ocorrer apenas em um dispositivo, já sabemos o que está causando o problema. Se o problema ocorrer em vários dispositivos, faça com que o cliente alterne entre seus smartphones e laptops para confirmar se o problema persiste em várias redes. Se isso acontecer, o dispositivo principal pode ter um problema com sua placa de rede.

PASSO 6: Configurar Um DNS Manualmente

Alguns dispositivos, como sistemas de navegação GPS, escolherão rotas que podem ter mais tráfego, em vez de rotas mais longas e menos congestionadas. Os dispositivos Android podem usar o aplicativo DNS Changer para alterar manualmente seu servidor DNS, em vez daquele fornecido pela operadora de celular. Procure informações em outros tutoriais sobre outros sistemas. Sugerimos usar 1.1.1.1 do CloudFlare ou 8.8.8.8 do Google.

PASSO 7: Testar Em 3G/4G

Se todos os dispositivos apresentarem falhas de IPTV, sejam conectados por cabo de rede ou Wi-Fi, o problema pode estar no provedor de internet. Os testes de velocidade nem sempre podem detectar se o sinal está estável, nem podem detectar se o provedor está utilizando o Traffic Shaping. A modelagem de tráfego ocorre quando um operador limita o tráfego de dados para um serviço específico, geralmente um que transmite dados. Assistir IPTV em uma rede pode ser normal, enquanto em outra pode ser anormal. Isso ocorre porque assistir IPTV pode usar cerca de 3 GB de dados por hora, tornando inviável assistir por longos períodos de tempo. Fazer um teste usando dados móveis no smartphone com outra rede pode demonstrar que é normal assistir IPTV em uma rede, mas não na outra.

PASSO 8: Utilizar VPN

Uma VPN (rede privada virtual) é uma rede privada externa separada das regras e limites de suas redes locais. Ao usar uma VPN, seus dados passam por essa rede privada, longe de quaisquer limitações impostas pelo seu provedor de serviços de internet (ISP). As VPNs gratuitas podem estar congestionadas, mas são melhores que nada. Algumas VPNs pagas custam entre R$ 5,00 e R$ 35,00 por mês.

PASSO 9: Reclame Com A Operadora

Às vezes, quando um operador assistencial tenta ajudar um cliente que está tendo problemas com seu serviço, ele faz com que os problemas desapareçam. Isso é feito antes que o cliente compre uma VPN, por exemplo. Se for comprovado que o serviço só funciona com VPN, o problema está na operadora. Muitas pessoas relatam que seu conteúdo funciona quando ligam para a operadora e avisam, e que outros conteúdos não funcionam.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.